Os Mortos sairão do túmulo

 

revue-spirit-allan-kardecPovos, escutai!… Uma grande voz se faz ouvir de um extremo a outro dos mundos; é a do precursor, anunciando a vinda do Espírito de Verdade, que vem endireitar as vias tortuosas por onde o espírito humano se desgarrava em falsos sofismas. É a trombeta do anjo que vem despertar os mortos para que saiam de seus túmulos.

Muitas vezes tendes lido a revelação de João e vos perguntastes: Mas, o que quer ele dizer? Como, então, cumprir-se-ão essas coisas surpreendentes? E vossa razão confusa, mergulhava num tenebroso dédalo de onde ela não podia sair, porque queríeis tomar ao pé da letra o que estava expresso em sentido figurado.

Agora que chegou o tempo em que uma parte dessas predições vai cumprir-se, pouco a pouco aprendeis a ler nesse livro onde o discípulo bem-amado consignou as coisas que lhe tinha sido dado ver. Entretanto, as más traduções e as falsas interpretações ainda vos aborrecerão um pouco, mas com um trabalho perseverante chegareis a compreender o que, até o presente, tinha sido para vós uma carta fechada.

Compreendei apenas que se Deus permite que o véu seja levantado mais cedo para alguns, não é para que esse conhecimento fique estéril em suas mãos, mas para que, pioneiros infatigáveis, eles desbravem as terras incultas. É, enfim, para que eles fecundem com o doce orvalho da caridade os corações ressequidos pelo orgulho e impedidos pelos embaraços mundanos, onde a Continuar lendo

Anúncios

Paulo, Precursor do Espiritismo

paullA comunicação seguinte foi obtida na sessão da Sociedade de Paris de 9 de outubro de 1863:

“Quantos dias se passaram, meus filhos, desde que tive a felicidade de entreterme convosco! Assim, é com grata satisfação que me encontro na minha cara Sociedade de Paris.

“Com que vos entreterei hoje? A maior parte das questões morais foram tratadas por penas hábeis. Não obstante, elas são de tal modo de meu domínio e o seu campo é tão vasto, que ainda encontrarei alguns grãos de verdade para semear. Além disso, mesmo que eu apenas repita o que outros já disseram, talvez apareçam alguns novos ensinamentos, porque as boas palavras, como as boas sementes, sempre produzem bons frutos.

“Para nós os livros santos são celeiros inesgotáveis, e o grande apóstolo Paulo, que outrora tanto contribuiu para o estabelecimento do Cristianismo, por sua poderosa predicação, vos deixou monumentos escritos que servirão, não menos energicamente, à expansão do Espiritismo.  Continuar lendo

Paixões

As Paixõespaixões

 

A Doutrina Espírita nos ensina que todas as paixões têm como princípio originário uma necessidade ou um sentimento natural, colocados em nosso âmago com o fim de estimular-nos ao trabalho e à conquista da felicidade.

“Deus é Amor” e, ao criar-nos, fez-nos participantes de Sua natureza, isto é, dotados dessa virtude por excelência; carecendo apenas que a desenvolvamos e a depuremos, até a sublimação.

Houve por bem, então, tornar-nos sensíveis ao prazer para que cada um  de nós, buscando-o, cultivasse o amor a si mesmo, para, numa outra etapa, ser capaz de estender esse amor aos semelhantes.

Pode parecer que a busca do prazer pessoal seja uma forma errônea, por sumamente egoísta, para que possa conduzir-nos à efetivação  desse grandioso desiderato. Deus, porém, em Sua Onisciência, sempre escolhe os melhores caminhos possíveis para o nosso progresso, e se assim há determinado é porque sabe que, sem experimentarmos, antes, quanto é bom o amor que nos devotamos e ao qual tudo sacrificamos, jamais chegaríamos ao extremo oposto, de sacrificar-nos por amor a outrem.

Os gozos que o mundo nos proporciona, entretanto, são regulados por leis divinas, que lhes estabelecem limites em função das reais necessidades de nosso corpo físico e dos justos anseios de nossa alma, e Continuar lendo

O Assassínio

 

 good_vs_evil_by_kwekuEm pleno século 20, homens existem que ainda defendem com ardor a pena capital para certos criminosos e, em vários casos, o direito de matar.

Via de regra, argumentam que o sexto mandamento não pode ser interpretado em sentido absoluto, que o próprio Deus teria estatuído uma série de circunstâncias e de motivos em que o assassínio seria não apenas lícito, mas até aconselhável ou necessário.

Surgem, então, citações do V. T. quais as seguintes: “Se algum boi escornear homem ou mulher, que morra, será apedrejado, e não se comerão  as suas carnes; o dono do boi, contudo, será inocente. Mas se o boi era es- corneador e o seu dono foi conhecedor disso e não o encurralou, matando homem ou mulher, o boi será apedrejado e também o seu dono morrerá.”

“A feiticeira não deixarás viver.”

“Todo aquele que se deitar com animal, morrerá.”

“O que sacrificar aos deuses, e não só ao Senhor, será morto.” (Êxodo) “Se um homem tiver um filho contumaz e insolente, que não está pelo  que seu pai e sua mãe lhe ordenam, e, castigado, Continuar lendo

A Fé

A fé plana sobre a Terra, buscando uma pousada onde abrigar-se, buscando um coração para esclarecer.revue-spirit-allan-kardec

Onde irá ela?… Para começar, ela entrará na alma do homem primitivo e impor-se-á; porá um véu momentâneo sobre a razão que começa a desenvolver-se e vacila nas trevas do espírito. Ela conduzi-lo-á através das idades da simplicidade e far-se-á mestra pelas revelações.

Mas, não estando ainda o raciocínio bastante amadurecido para discernir o que é justo do que é falso, para julgar o que vem de Deus, ela arrastará o homem para fora do reto caminho, tomando-o pela mão e pondo-lhe uma venda nos olhos. Muitos desvios, tal deve ser a divisa da fé cega que, Continuar lendo

Perdão – Remédio Santo – psicografia de Chico Xavier

Advertência

Andai enquanto tendes a luzsol-da-esperança-312x350

 

A palavra do Mestre abrange variegadas nuances da experiência humana, compelindo-nos a raciocínios evidentemente simples, porém, mais dilatados, na esfera do aprendizado para a Vida Superior.

Enquanto andamos no Mundo, desfrutamos de excepcionais vantagens, que nos enriquecem a marcha redentora.

Os pés para a locomoção.

Os braços e as mãos para o trabalho. A visão física integral.

A faculdade de ouvir, falar, sentir, escrever.

A saúde do corpo e a razão esclarecida proporcionando o equilíbrio do binômio “alma-corpo” Continuar lendo