TÓPICOS DA  TENSÃO

Tópicos da Tensãobez1

 

Bezerra de Menezes

I

A luta prossegue, entretanto, é na luta que consolidamos a paz – paz íntima pelo dever cumprido.

Mantenhamos a nossa confiança viva em Jesus, na certeza de que o nosso Divino Mestre é o companheiro e o Amigo, o Mentor e o Guardião de nossos corações e de nossos caminhos.

Guardemos calma e segurança.

A fé ser-nos-á luz na estrada a percorrer, por mais sombra se nos acumule na senda.

Descansemos o pensamento, o coração, os nervos e as energias em repouso

edificante.

Nossas forças serão restauradas com a Bênção do Senhor.

II

“ACALMAR-SE” – é a senha.

Asserenemos as próprias forças!

Quanto possível abandonemos a tensão.

O trabalho é o preço da benção.

Ajudemos os companheiros no desempenho de seus nobres deveres, encorajando-lhes o coração, sempre que possível.

A luta cederá lugar a bonança.

Confiemos pois em Deus, e que Jesus nos abençoe!

III

Esquecer a doença orgânica.

Distrair-se em recursos sadios de arejamento íntimo, aliviando a tensão.

Consagrar-se aos trabalhos espirituais na certeza de que Deus não nos abandona e de que, em todas as circunstâncias, precisamos buscar, acima de tudo, os desígnios de Deus.

IV

Despreocupação é a palavra.

Repouso construtivo.

Paz com as próprias obrigações.

Não exigir de nós mesmos qualquer rigor no cumprimento de nossas obrigações, quando faltar-nos a saúde.

Fazer o possível em benefício de nossa tranqüilidade doméstica.

Manter o coração sensível e afetuoso na fé viva e segura, na certeza de que o Senhor nos abençoará, hoje e sempre.

V

Confiemos na bênção Divina em nosso benefício!

Guardemos a calma e a coragem porque o Amor de Jesus nunca está pobre e com o Mestre Sublime podemos contar sempre.

Serenidade! Fortaleza! Bom ânimo!

VI

Tranquilize o campo nervoso.

Descanse o pensamento na prece e trabalho do bem e use a serenidade mental com o remédio edificante.

Cuidado para consigo mesmo no sentido de preservar a paz, em favor da própria saúde!

 

Livro: “Apelos Cristãos” – Psicografia: Francisco Cândido Xavier – Pelo Espírito Bezerra de Menezes

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.