Kardec sempre – Herculano Pires e Kardec

As obras de Kardec são a única fonte verdadeirado saber espírita. Quem não ler e estudar essas obras com humildade e vontade legitima de aprender, não conhece o Espiritismo. Os que realmente estudam e compreendem a doutrina, sentem-se humildes diante da sua grandeza e não pretendem passar por mestres. São colegas mais aplicados que apenas se esforçam para ajudar os companheiros de escola no aprendizado necessário. A obra de Kardec ainda não foi suficientemente estudada. A maioria dos espíritas estudiosos não conseguiu ainda penetrar na essência dessa obra, que não foi escrita para um século, mas, para muitos séculos, Infeliz daquele que pretende ser o mestre de todos. Na verdade é o cego do Evangelho que conduz outros cegos ao barranco. Precisamos Ter muito cuidado para não entrarmos nessas filas de cegos ou nos colocarmos na posição ridícula de cego a guiar cegos. Basta lembrarmos que a Ciência Espírita só apareceu depois do desenvolvimento das outras Ciências, para termos uma idéia da sua complexidade. Só agora, os físicos, químicos, biólogos, botânicos, psicólogos, sociólogos e parapsicólogos, estão descobrindo que os seus enganos já foram percebidos por Kardec, há mais de um século. Precisamos pensar nisso quando lermos um artigo ou um livro de pretensos mestres que se dizem descobridores da pólvora. Como disse Kardec, um grande sábio pode conhecer muito da sua especialidade, mas, é ignorante em Espiritismo. Porque só agora as Ciências estão começando a entrar no estudo e na pesquisa dos fenômenos espíritas e, assim mesmo, com muitos preconceitos.

 Da Ciência Espírita, nasceu a Filosofia Espírita. E desta, nasceu a Religião Espírita. Isto foi bem ensinado por Kardec, mas os próprios espíritas ainda não entenderam o ensino, o que mostra o quanto ainda estamos longe da apregoada superação de Kardec. Como em todas as Ciências, na Ciência Espírita a primeira condição para aprendê-la é a humildade. Não se trata da humildade religiosa, que nos leva tudo aceitar de cabeça baixa, para obtermos a glória eterna (o que revela contradição dessa humildade egoísta e ambiciosa), mas da humildade honesta da criatura que conhece os seus limites e não quer passar de pato a ganso. O maior exemplo de estudo sério e humilde do Espiritismo nos foi dado por Kardec. (…)

 Herculano Pires – O Mistério do Bem e do Mal

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s