MÉDIUNS NATURAIS

MÉDIUNS DE INFLUÊNCIA FÍSICA – MÉDIUNS NATURAIS240px-Allan_Kardec_L'Illustration_10_avril_1869

 

Allan Kardec

Os médiuns de influência física são os que têm uma aptidão mais especial para a produção dos fenômenos materiais. É nessa classe que se encontram principalmente os médiuns naturais, isto é, os médiuns cuja influência se exerce mau grado seu. Continuar lendo

Anúncios

Revolução cristã – Chico Xavier – Humberto de Campos com Carlos Alberto

4º Episódio do Programa Revolução Espírita com Carlos Alberto Braga f

 

Compartilhe essa ideia – Gênese Canal Web Espírita

NA INTIMIDADE DOMÉSTICA

 

Na Intimidade Domésticalar

 

Emmanuel

 

“Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos a mim o fizestes.”

Jesus (Mateus, 25: 40)

 

   “Toda a moral de Jesus se resume na caridade e na humildade, isto é, nas duas   virtudes contrárias ao egoísmo e ao orgulho.”

(cap. 15, Item 3)

 

 

A história do bom samaritano, repetidamente estudada, oferece conclusões sempre novas.

O viajante compassivo encontra o ferido anônimo na estrada. Não hesita em auxiliá¬lo.

Estende¬lhe as mãos. Pensa¬lhe as feridas.

Recolhe¬o nos braços sem qualquer ideia de preconceito. Continuar lendo

Defesa – psicografia de Chico Xavier

http://www.youtube.com/timedtext_video?ref=share&v=kCABht-bqfs

AGRADEÇO, SENHOR

AGRADEÇO,  SENHORrosa_23-2147503227

 

 

 

Maria Dolores

 

Agradeço, Senhor,

Quando me dizes “não” Às súplicas indébitas que faço, Através da oração.

Muitas daquelas dádivas que peço,

Estima, concessão, posse, prazer, Em meu caso talvez fossem espinhos, Na senda que me deste a percorrer.

De outras vezes, imploro-te favores, Entre lamentação, choro, barulho, Mero capricho, simples algazarra, Que me escapam do orgulho… Continuar lendo

NÃO JULGUEIS

Não Julgueis240px-Allan_Kardec_L'Illustration_10_avril_1869

Senhor,

Enviaram-me um artigo, assinado por C. M., que publicastes na “Gazette de Lyon” de 2 de agosto de 1860, sob o título Uma sessão dos espíritas. Nesse artigo, se não sou atacado senão indiretamente, eu o sou na pessoa de todos os que partilham de minhas convicções. Isto, porém, nada seria, se vossas palavras não tendessem a falsear a opinião pública sobre o princípio e as consequências das crenças espíritas, cobrindo de ridículo e de censura os que as professam e que apontais à vindita legal. Peço-vos permissão para algumas retificações a respeito, esperando de vossa imparcialidade que, uma vez que julgastes dever publicar o ataque, devereis publicar minha resposta. Continuar lendo